Imprimir

Indicação sugere à Prefeitura que estude a possibilidade de vinculação de servidores a algum plano de saúde, de forma facultativa

Escrito por Comunicação EM .

Configuração do Tamanho do Texto

 

iconesaude

 

A Prefeitura também deve apreciar a Indicação nº 117/2018, de autoria do Vereador João Paulo Baena Alves, que sugere ao Chefe do Poder Executivo que estude a possibilidade de “viabilizar, mediante lei específica, a vinculação dos servidores municipais em um plano de saúde, de forma facultativa e com desconto em folha de pagamento”. A Indicação traz a ideia, a qual ainda precisa ser submetida a estudo por parte da administração municipal.  

     “A presente medida busca oferecer ao servidor municipal atendimentos médicos, odontológicos, laboratoriais, rede hospitalar e todos os demais procedimentos nesse setor. Com esta medida, o atendimento na rede pública será amenizado e proporcionará agilidade nos atendimentos aos servidores e familiares, beneficiando-os diretamente, garantindo rapidez e eficiência, além de valorizar o servidor. O plano poderá ser feito de forma que o servidor possa optar pela adesão e, no caso da opção, com desconto em folha de pagamento. Considerando que a presente proposta busca a qualidade de vida, saúde e bem estar do servidor municipal, solicito a atenção do Executivo para esta medida de relevante importância”, salientou o autor da proposta.

 Votaram a favor os Vereadores Nevitom Borges da Costa, Guilherme de Souza Serrano, Gilson Cezar Prok, Paulo Henrique Furtado, João Paulo Baena Alves, Edvaldo Lira da Silva, Carlos César de Castro, Hamilton Pires de Rezende, Rodrigo José de Carvalho e a Vereadora Lourdes Silva de Souza. O Presidente da Câmara Leandro Prock Valério, por força regimental não vota, uma vez que não houve empate.