Imprimir

Câmara aprova indicação que sugere campanha educativa sobre tuberculose e hanseníase

Escrito por Comunicação Câmara EM .

Configuração do Tamanho do Texto

iconesaude

A Câmara Municipal aprovou por unanimidade dos vereadores presentes, a Indicação nº 89/2017, de autoria da Vereadora Lourdes Silva de Souza, que sugere à Prefeitura que possa “iniciar uma campanha educativa "Conhecendo os Sinais e Sintomas da Tuberculose e Hanseníase", afixando nos prédios públicos letreiros, faixas, banners, distribuir fôlderes e promover a conscientização da população através dos agentes de saúde”.

 

“A campanha é de fundamental importância para conscientizar a população sobre a existência dessas doenças infecciosas, sintomas e também sobre a disponibilidade do tratamento ofertado pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A ampliação da oferta de tratamento nas unidades públicas de saúde, o fortalecimento da busca ativa de casos para o diagnóstico precoce e tratamento oportuno, além do aumento da capacidade de profissionais para realizar diagnósticos também são medidas adotadas para a eliminação das doenças. Considerando tais aspectos, é de suma importância que o município providencie essa campanha para que a hanseníase e a tuberculose possam ser efetivamente controladas, garantindo aos munícipes o amplo acesso à informação e intensificando as ações de controle e combate às doenças”, justificou.

 

Votação:

A proposição foi aprovada pelos Vereadores Paulo Henrique Furtado, Gilson Cezar Prok, João Paulo Baena Alves, Carlos César de Castro, Edvaldo Lira da Silva, Hamilton Pires de Rezende, Rodrigo José de Carvalho, bem como pela Vereadora Lourdes Silva de Souza. Ausente à sessão, os Vereadores Nevitom Borges da Costa e Guilherme de Souza Serrano. O Presidente da Câmara Leandro Prock Valério, por força regimental não vota, uma vez que não houve empate.