Imprimir

Câmara aprova indicação que pede a elaboração de um Plano de Drenagem Urbana, afim de evitar enchentes e transtornos a moradores

Escrito por André Luiz Ferreira EM .

Configuração do Tamanho do Texto

iconeobrasserviços

 

A Câmara ainda deve encaminhar ao Prefeito Municipal a Indicação nº 81/2017, de autoria do Vereador Rodrigo José de Carvalho, que sugere ao Prefeito que possa “realizar um mapeamento das ruas da cidade, a fim de implantar, de forma gradativa,  um Plano de Drenagem Urbana, consistindo num sistema de drenagem com estudo das ruas, guias, sarjetas, bocas de lobo e rede de galerias de águas pluviais, para melhorar o escoamento das águas e solucionar os constantes problemas de alagamento e inundações em épocas de chuvas. A proposição foi aprovada por unanimidade dos presentes.

 

“Em todos os períodos chuvosos em nosso município, vemos um problema que se repete, que são os alagamentos, inundações e interferências de enxurradas. O crescimento da nossa cidade (muitos bairros e loteamentos novos), tem agravado a situação e já podemos sentir a necessidade de um Plano de Drenagem Urbana, a fim de equacionar esses problemas. Com medidas e critérios técnicos, uniformes e gradativos, esse planejamento trará benefícios futuros, evitando prejuízos e transtornos que o escoamento inadequado das águas pluviais causa para a sociedade, razão pela qual apresento a presente medida como sugestão para a Administração Pública Municipal”, justificou a proposição.

A indicação foi aprovada pelos Vereadores João Paulo Baena Alves, Carlos César de Castro, Edvaldo Lira da Silva, Nevitom Borges da Costa, Hamilton Pires de Rezende, Rodrigo José de Carvalho, Gilson Cezar Prok, Paulo Henrique Furtado, bem como pela Vereadora Lourdes Silva de Souza. Ausente à sessão, o Vereador Guilherme de Souza Serrano. O Presidente da Câmara Leandro Prock Valério, por força regimental não vota, uma vez que não houve empate.