Imprimir

Indicação pede estudo para criar no Museu Regional do Sul de Minas uma “Ala da Cultura Negra”

Escrito por André Luiz Ferreira EM .

Configuração do Tamanho do Texto

iconesugestao

Aprovada por unanimidade dos presentes na Câmara a Indicação nº 56/2017, de autoria da Vereadora Lourdes Silva de Souza, que sugere ao Prefeito a “criação, no Museu Regional do Sul de Minas, de um espaço ‘Ala da Cultura Negra’, com o objetivo primordial de acolher a contribuição dessa rica cultura para o nosso cotidiano e resgatar a grandeza da história do negro em nosso município”.

 

A proposição foi lida em sua totalidade. “A constituição de um museu em memória da cultura negra deve fazer parte de todas as comemorações que envolvam o resgate da história dos afrodescendentes em nosso município e que trouxe significativas transformações culturais. A raça humana pode resgatar na grandeza da história dos escravos uma cultura de libertação e afirmação que acaba por trazer, à história do próprio homem no planeta, valores intangíveis e uma vasta contribuição para a nossa sociedade, seja deixada nos objetos de trabalho, seja nos inúmeros documentos históricos”, ressaltou a justificativa do documento assinado pela autora.

 

Votação:

Votaram a favor da proposição a Vereadora Lourdes Silva de Souza, bem como os Vereadores Rodrigo José de Carvalho, Paulo Henrique Furtado, Edvaldo Lira da Silva, Gilson Cezar Prok, Carlos César de Castro, Hamilton Pires de Rezende, João Paulo Baena Alves e Nevitom Borges da Costa. Ausente à sessão, o Vereador Guilherme de Souza Serrano. O Presidente da Câmara Leandro Prock Valério, por força regimental não vota, uma vez que não houve empate.