Imprimir

Indicação aprovada por todos os vereadores presentes sugere canalização do esgoto em todo o perímetro urbano do Ribeirão Santo Antônio e Fundangombe

Escrito por Comunicação Câmara EM .

Configuração do Tamanho do Texto

iconecopasa

 

Aprovada na Câmara por unanimidade dos presentes, a Indicação nº 59/2017, de autoria do Vereador Leandro Prock Valério, que sugere à Copasa que possa “providenciar em tempo breve, em todo o perímetro urbano, a canalização do esgoto proveniente do Ribeirão Santo Antônio e do Ribeirão Fundangombe”.

 

A proposta foi lida com a justificativa apresentada formalmente pelo autor. “Considerando que a construção da estação de tratamento pode levar muito tempo, mesmo sendo promessa antiga da empresa, porém sem data prevista e confirmada para a sua conclusão, a captação e destino do esgoto dos ribeirões pode, a curto prazo, beneficiar a nossa população em qualidade de vida. Ressalte-se que o esgoto encanado acabaria com vários problemas, como o mau cheiro, os insetos, mosquitos transmissores de doenças, pernilongos e tanto outros inconvenientes à população. Outra vantagem, seria a de que a vida poderá retornar aos ribeirões, pois ali correria água sem contaminantes novamente. Sendo uma etapa essencial de responsabilidade da COPASA, solicito a atenção da empresa para dar agilizar essa obra, dentro do cronograma para a efetiva implantação da estação de tratamento de esgoto. É preciso salientar sobre a importância de um planejamento, priorizando localidades com vazamentos constantes e esgotos a céu aberto, que colocam em risco a saúde da população e o meio ambiente, razão pela qual espero a acolhida à presente solicitação. O meio ambiente agradece. 

 

A Copasa deve receber a proposição para estudo.

 

Votação:

Votaram a favor da proposição os Vereadores Carlos César de Castro,  Gilson Cezar Prok Rodrigo José de Carvalho, Paulo Henrique Furtado, Edvaldo Lira da Silva, Hamilton Pires de Rezende, João Paulo Baena Alves, Nevitom Borges da Costa e a Vereadora Lourdes Silva de Souza. Ausente à sessão, o Vereador Guilherme de Souza Serrano. O Presidente da Câmara Leandro Prock Valério, por força regimental não vota, uma vez que não houve empate.