Imprimir

Câmara aprova indicação que pede a colocação de lixeiras em praças e locais públicos, além da criação de escala para recolhimento do lixo

Escrito por André Luiz Ferreira EM .

Configuração do Tamanho do Texto

iconelimpezapublica

 

O Plenário da Câmara também aprovou por unanimidade a Indicação nº 37/2016, de autoria do Vereador Pedro Messias Alves, que sugere que a Prefeitura possa “distribuir lixeiras de coleta seletiva em todas praças e locais públicos, como postos de saúde e unidades administrativas municipais, estabelecendo escala para recolhimento do lixo”.

 

A proposição aprovada por todos os vereadores foi lida com a justificativa do autor. “Estamos vendo a cada dia a luta contra o mosquito aedes aegypti em todo o país e parte dessa luta é feita com a destinação correta do lixo produzido. Em muitos casos, o lixo deixado fora das lixeiras, em terrenos baldios e outros, é o grande responsável pela proliferação do mosquito, já que é ali, muitas vezes com a água parada, que o inseto se multiplica. A destinação correta do lixo pode colaborar e muito com as ações da Vigilância em Saúde. Vale ressaltar ainda que nossas praças estão, em sua maioria, precisando de mais lixeiras; algumas inclusive nem as possui e assim fica difícil exigir da população o correto destino dos resíduos. A disponibilização das lixeiras seletivas também pode propiciar mais benefícios ao meio ambiente, bem como colaborar com aqueles que vivem da venda de materiais recicláveis, não misturando lixo orgânico com esses materiais que podem vir a ser reaproveitados, gerando renda aos coletores. Ainda há que se ressaltar toda a cidade ganha com a medida, já que a utilização das lixeiras poderá colaborar com a limpeza das ruas e ambientes públicos”.

 

A proposição deve ser encaminhada ao Prefeito nos próximos dias.