Imprimir

Proposição sugere medidas de proteção à gestante

Escrito por André Luiz Ferreira EM .

Configuração do Tamanho do Texto

iconesaude 

 

Durante a reunião de ontem (16 de fevereiro), foi aprovada por unanimidade na sede da Câmara a Indicação de nº 22/2016, de autoria da Vereadora Lourdes Silva de Souza, que sugere à Prefeitura “estabelecer, através dos órgãos de saúde, medidas prioritárias de cuidado com as gestantes e de prevenção e combate ao mosquito transmissor do zika vírus que, segundo o Ministério da Saúde, tem relação direta com o surto de microcefalia e outras malformações congênitas”.

 

A justificativa da proposição também foi lida em Plenário. “De acordo com o anunciado pelo Governo Federal, essa confirmação vem reforçar o chamado para uma mobilização nacional para conter o mosquito transmissor, o Aedes Aegypti, responsável também pela transmissão da dengue e da febre chikungunya. Outro fator preocupante é que há indícios de que fluidos corporais, como sêmen, sangue e o próprio leite materno também possam propagar o vírus. Essa medida exige uma ação de todos os órgãos de saúde e da sociedade, unindo esforços para intensificar ainda mais as ações e mobilização, haja vista que cerca de 200 municípios já estão em situação de risco de surto das doenças transmissíveis pelo mosquito. Por essa razão, apresento a sugestão ao Executivo, na certeza de que está atento às medidas que buscam o bem estar e a saúde da população”, salientou.

 

A Indicação nº 22/2016 deve ser encaminhada nos próximos dias.