Imprimir

Proposição sugere reforço no combate ao mosquito transmissor da Dengue, da febre Chicungunya e do Zika Vírus

Escrito por Comunicação Câmara EM .

Configuração do Tamanho do Texto

iconesaude

 

Ainda durante a reunião de ontem (02 de fevereiro), aprovada a Indicação de nº 07/2016, de autoria da Vereadora Lourdes Silva de Souza, que sugere ao Prefeito que possa estudar a possibilidade de “estabelecer uma parceria com o Exército para um mutirão de combate à dengue e, por via de consequência, à febre chicungunya e ao zika vírus, oportunidade em que os militares disponibilizam uma equipe treinada para realizar visitas, orientações e ações para a eliminação dos focos do mosquito transmissor das doenças”.

 

A proposição foi lida na íntegra, com a justificativa da autora. “Já se inicia a época em que a cidade começa a ser invadida pelos insetos transmissores dessas graves doenças e torna-se necessário intensificar ações de prevenção e combate. Neste momento, a parceria com o Exército tem surtido efeito positivo em várias regiões, quando uma equipe treinada para este fim realiza visitas e comanda ações de prevenção e combate. Sendo uma iniciativa que tem se mostrado eficaz, solicito a atenção do Sr. Prefeito para esta medida que vem de encontro aos objetivos de programas de controle e combate aos mosquitos transmissores da dengue, da febre chicungunya e do zika vírus”, ressaltou a autora.

 

Votação:

A proposição foi aprovada pela unanimidade dos Vereadores presentes à sessão. Votaram a favor os Vereadores Leandro Prock Valério, Creone Pagano Sales, João Paulo Baena Alves, Admilson José Ferreira, Edwirges Rafael dos Reis, Antônio Leopoldino Dias e Antônio Flávio Fonseca Filho, além da Vereadora Lourdes Silva de Souza. Ausentes à sessão estavam as Vereadoras Heloisa Helena Limoeiro Müller e Valéria Goulart da Costa. O Presidente da Câmara Pedro Messias Alves, por força regimental não vota, uma vez que não houve empate na votação.