Imprimir

Indicação sugere ao Prefeito que interceda para que provas do próximo ENEM possam ser aplicadas também na cidade da Campanha

Escrito por Comunicação Câmara EM .

Configuração do Tamanho do Texto

iconeeducacao

Aprovada na sede do Legislativo, na reunião de ontem, indicação que sugere ao Poder Executivo Municipal que possa “interceder junto aos governos estadual e federal, a fim de aderir o município da Campanha no rol das cidades que aplicam o Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM”. A Indicação nº 219/2015, de autoria dos Vereadores Creone Pagano Sales e Leandro Prock Valério, foi  aprovada por unanimidade na Câmara.

“São mais de mil faculdades que aceitam a nota do Enem como pontuação extra nos vestibulares de todo o país. Além de tudo, essa nota só é usada se for beneficiar o candidato, ou seja, se aumentar a nota do mesmo no vestibular. O Enem tem uma série de funções: é usado como um vestibular nacional de uma série de universidades públicas, com ele o estudante pode se inscrever no Sisu, pode conseguir uma bolsa de estudos em uma universidade particular por meio do Prouni, pode ter acesso ao ensino superior através do Fies e é necessário para os estudantes de graduação que queiram fazer um intercâmbio no exterior pelo programa Ciência sem Fronteiras”, ressaltaram os autores no documento.

“Campanha tem qualificações para adesão aos locais autorizados para aplicar o Exame”

“Além disso, Campanha tem qualificações mais do que suficientes para a adesão aos locais autorizados para aplicar o Exame, bastando verificar que estudantes de diversas cidades como Monsenhor Paulo, Cambuquira e São Gonçalo frequentam aqui o ensino fundamental e ensino médio e, com a implantação efetiva da UEMG, receberemos no próximo ano uma quantidade significativa de alunos no ensino superior. Outro fator, é a preocupação dos pais que vêem os seus filhos se aglomerando em conduções e enfrentando um final de semana na estrada. Diante desse quadro, solicitamos o apoio do Executivo para interceder junto aos órgãos competentes nos âmbitos estadual e federal para permitir que Campanha também entre no rol das cidades que aplicam esse importante exame, que poderá aumentar ainda mais a chance dos nossos estudantes de alcançar o nível superior”.